Gabinete de Promoção do Programa Quadro de I&DT
FCT - Fundação para a Ciência e Tecnologia | Ministério da Educação e Ciência

O tema Regiões de conhecimento no 7ºPQ

Orçamento: 126 milhões (2007 - 2013)

As regiões são, cada vez mais, reconhecidas como importantes agentes na paisagem científica da UE. Os recursos locais desempenham um papel activo nos esforços de exploração e inovação a favor da sociedade.

Benefício para os cidadãos:

As acções levadas a cabo nesta área permitirão às regiões europeias desenvolver a sua capacidade de investimento em, e realização, de actividades de pesquisa. Podendo isto beneficiar as regiões localmente, não deixa de ser um modo de maximizar o seu potencial de participação, com êxito, nos projectos de investigação europeus. Uma capacidade de investigação fortalecida pode levar à criação de mais empregos nas regiões.

As actividades e políticas de investigação a nível regional apoiam-se frequentemente na criação de núcleos que reúnem entidades públicas e privadas. A acção-piloto sobre as “Regiões do Conhecimento” demonstrou a dinâmica desta evolução e a necessidade de apoiar e encorajar o desenvolvimento de estruturas regionais dessa natureza.

Benefício para os investigadores:

Encorajar as redes transnacionais de regiões e núcleos de investigação ajudará a maximizar o potencial da região, criando um ambiente dinâmico que poderá atrair ou reter os melhores investigadores. Estes núcleos aproximarão universidades, centros de investigação, empresas e autoridades regionais, órgãos administrativos ou agências para o desenvolvimento.

Benefício para a indústria e PMEs

A indústria, no seu todo, e as PMEs em particular, são parceiros essenciais nos projectos de investigação da UE. Ajudar as regiões a desenvolver a sua capacidade para o investimento na pesquisa e desenvolvimento levará à melhoria da competitividade e das capacidades de absorção de conhecimentos.

Procurar-se-ão sinergias com as políticas regionais comunitárias, bem como com programas nacionais e regionais de relevo, em particular no que toca à convergência e às regiões ultraperiféricas.

A actividade das Regiões do Conhecimento encorajará a cooperação regional transfronteiriça na investigação, quer as regiões estejam enquadradas pelo objectivo da convergência, quer pelo da competitividade regional.

MAPA GERAL DO SITE