Gabinete de Promoção do Programa Quadro de I&DT
FCT - Fundação para a Ciência e Tecnologia | Ministério da Educação e Ciência

O tema Tecnologias da Informação e Comunicação no 7ºPQ

Orçamento: 9.1 mil milhões EUR (2007 - 2013)

As TICs desempenham um papel fundamental no estímulo da inovação, criatividade e competitividade em todos os sectores industriais e de serviços. Entramos agora numa nova fase de desenvolvimento que impulsionará o crescimento e o desenvolvimento sustentável nas décadas vindouras; contudo, este crescimento só será aproveitado se investirmos agora na investigação e na inovação que implica a nova geração de tecnologias.

Benefício para os cidadãos:

As TIC trazem muitas oportunidades novas aos cidadãos e consumidores europeus. Há uma vasta gama de aplicações, incluindo os cuidados de saúde e os sistemas de transporte, bem como inovadores sistemas interactivos tanto de entretenimento como de aprendizagem. A inovação nas TIC pode ajudar a melhorar a prevenção de doenças e segurança dos cuidados de saúde, facilitar a participação activa dos pacientes e possibilitar a personalização dos cuidados, e além disso enfrentar problemas relacionados com o envelhecimento da população.

Benefício para os investigadores:

Durante o FP7, as actividades de investigação sobre as TIC abrangerão prioridades estratégicas em áreas onde a Europa é líder industrial e tecnológica, tais como as redes de comunicação, sistemas incorporados, nanoelectrónica e tecnologias do conteúdo audiovisual.

As áreas de investigação incluirão:
Benefício para a indústria e PMEs

As TIC asseguram actualmente quase metade dos ganhos de produtividade das nossas economias. Os ganhos partem tanto da produção de artigos e serviços inovadores, de grande valor, através das TIC, como também da melhoria de processos negociais através da difusão, adopção e uso das TIC por parte do tecido económico. Os sectores que fazem grande uso das TIC incluem o sector fabril, automotor, aeroespacial, a indústria farmacêutica, de equipamento médico e agrícola, bem como os serviços financeiros, os órgãos de comunicação social e o sector retalhista. As vantagens indicadas pelas firmas como resultado do maior uso das TIC incluem mais rápido desenvolvimento de produtos, reduções de custos e despesas gerais, transacções mais rápidas e fiáveis, melhores relações com clientes e fornecedores, melhor serviço e apoio ao consumidor e maiores oportunidades de colaboração.

O FP7 facilitará a criação de novas formas processuais/aplicações para os negócios em rede, bem como novas abordagens técnicas da aplicação das TIC nos processos fabris.

MAPA GERAL DO SITE