Gabinete de Promoção do Programa Quadro de I&DT
FCT - Fundação para a Ciência e Tecnologia | Ministério da Educação e Ciência

O tema Clean Sky no 7ºPQ

A JTI CleanSky tem por objectivo proporcionar um avanço tecnológico no sector aeronáutico, através da integração de novas tecnologias e demonstradores de larga escala, que contribuam siginificativamente para o aumento da performance dos aviões e dos transportes aéreos a para a diminuição do impacte ambiental (menos ruido, menor consumo e maior eficiência das aeronaves).

A JTI CleanSky é uma ferramenta de apoio à inovação e competitividade da indústria europeia do sector contando com um orçamento total de 1.600 M€ para o periodo 2008 e 2017. A JTI CleanSky é financiada pela Comissão Europeia (contribuição líquida) e pela Indústria Europeia em partes iguais (50/50). 25% desse investimento é destinado a concursos abertos a parceiros tecnológicos europeus do sector aeronáutico. Os concursos CleanSky têm as mesmas regras do tema transportes/aeronautica do FP7 mas ao contrário deste, visam o desenvolvimento de actividades de nivel 3 (TRL mais elevado), ié, actividades mais próximas do mercado.

A JTI CleanSky assenta no desenvolvimento de seis Demonstradores Integrados de Tecnologia (ITDs) sendo cada um deles liderado por 2 dos principais lideres industriais europeus do sector. A performance das tecnologias desenvolvidas no CleanSky é avaliada por uma rede Technology Evaluator.

A contribuição destes 12 lideres europeus para a JTI CleanSky é in-kind e tem por objectivo comum contribuir para o desenvolvimento da capacidade europeia de um dos sectores mais competitivos e estratégicos da economia europeia.

Os ITDs estão distribuidos por seis áreas tecnológicas:

GRA (Green Regional Aircraft) Desenvolvimento de novas estruturas para redução do peso, redução do ruido exterior e integração de tecnologias desenvoplvidas nos outros ITDs tais como motores mais eficientes, redução consumo de energia e novas arquitecturas de sistemas.
SFWA (SMART Fixed-Wing Aircraft) Desenvolvimento de tecnologias para asas activas e configurações revolucionárias de aviões.
GRC (Green Rotorcraft) desenvolvimento de rotores de pás inovadores e motores de baixo ruido, redução do atrito de fuselagem, integração de tecnologia de motores diesel e integração de sistemas eléctricos avamçados para eliminação de fluidos hidraulicos poluentes e redução de consumo.
SAGE (Sustainable and Green Engines) Desenho e construção de 5 demonstradores de motores que integrem tecnologias de baixo ruido, redução de peso, aumento de eficiencia baixo Nox e novas configurações.
SGO (Systems for Green Operation) Desenvolvimento da arquitectura de sistema eléctrico, gestão térmica, configurações de trajectórias e missões verdes, melhoramento das operações de solo, para dar a qualquer avião a a capacidade de benficiar do espaço Europeu Comum.
ECO (Eco-Design) Desenho e produção verde. Desmontagem e recicalgem de aviões mediante a optimização de materiais e energias, reduzindo o impacto do ciclo de vida dos produtos e acelerando a compatibilidade com a directiva REACH.

Os actuais membros da JTI incluem para alem dos 12 lideres das ITDs, 74 membros associados e mais de 300 parceiros (financiados via concursos), incluindo indústria, centros de investigação e universidades.

Entre 2009 e 2011 a JTI Clean Sky abriu 10 concursos destinados a parceiros tecnológicos, cobrindo tópicos das seis ITDs e representando um investimento de cerca de 100 M€.

Até dia 18 de Outubro 2012 está aberto o 13ª concurso JTI-CLEANSKY, com um orçamento de 29,88 M€, e cobrindo 47 Tópicos distribuidos pelas 6 ITD.

MAPA GERAL DO SITE