Gabinete de Promoção do Programa Quadro de I&DT
FCT - Fundação para a Ciência e Tecnologia | Ministério da Educação e Ciência

O tema Cooperacao internacional no 7ºPQ

Orçamento: 185 milhões (2007 - 2013)

Mais de 100 países de todo o mundo participam em programas de investigação da UE. Estas actividades continuarão com o programa “Cooperação” do FP7, que abrange as acções de cooperação internacional nas 10 áreas temáticas e entre os temas. Serão implementadas de modo coordenado com os programas “Cooperação”, “Pessoas” e “Capacidades” do FP7.

Benefício para os cidadãos:

A investigação e desenvolvimento internacionais contribuirão para a produção de bens públicos globais e ajudarão a diminuir o fosso entre diferentes países do mundo. Já existe um corpus de conhecimento científico de nota, que melhora as vidas dos que vivem nos países em vias de desenvolvimento, bem como as dos cidadãos europeus. Sempre que for possível, o Programa- Quadro contribuirá também para os Objectivos de Desenvolvimento do Milénio até 2010.

Benefício para os investigadores:

Participação expandida dos investigadores e instituições de investigação de países do terceiro mundo, aplicando as devidas medidas de segurança de modo a respeitar a confidencialidade das áreas temáticas. Serão fortemente encorajados a aproveitar esta oportunidade — seja através de investigação cooperativa ou de bolsas.

Acções específicas de cooperação em cada área temática dedicadas aos países do terceiro mundo em casos de interesse mútuo; cooperar em assuntos particulares seleccionados com base nas suas necessidades científicas e tecnológicas. Estas acções estão estreitamente ligadas quer a acordos bilaterais de cooperação, quer a diálogos multilaterais entre a UE e estes países, ou grupos de países, e serão ferramentas privilegiadas para implementar a cooperação entre a UE e estes países. Tais acções são, nomeadamente:

Benefício para a indústria e PMEs

A cooperação internacional no contexto do FP7 desenvolverá a integração da UE na comunidade mundial e, assim, ajudará ao progresso da investigação e tecnologia nos países que agora constroem a sua base de conhecimento. Tal levará, por um lado, ao enriquecimento da investigação europeia, dado o manancial de conhecimentos gerado por todo o mundo e, por outro lado, fortalecer-se-á a consciencialização, bem como a competência, quanto à ciência e tecnologia, por parte das sociedades e empresas nos países em vias de desenvolvimento.

MAPA GERAL DO SITE