Caso não consiga visualisar correctamente a Newsletter, clique aqui.
top_01
  Newsletter nº 44, Outubro de 2012

QUEM SOMOS

CALLS ABERTAS

SESSÕES

OUTROS EVENTOS

GPPQ na Europa

CONTACTOS NCP

 

GPPQ
Av. D. Carlos I, 44, 2º
1200-649 Lisboa
Tel.: (351) - 21 391 76 40
Fax.: (351) - 21 391 76 50
gppq@fct.pt

7pq

Financiar projetos de investigação recorrendo à banca ou a fundos de capital de risco, nem sempre é fácil. Para obviar este obstáculo, foi lançado no FP7 o Mecanismo Financeiro de Partilha de Risco (RSFF). O RSFF, gerido pelo Banco Europeu do Investimento (BEI), destina-se a projetos avaliados positivamente no FP7, mesmo que não recebam fundos, e fornece empréstimos (mínimo de 7,5 M€) e garantias com o selo do BEI a condições atrativas nos encargos e na avaliação do risco (ponto crítico na atribuição das taxas de juro a projetos de IDT&D).

O sucesso do RSFF levou ao lançamento em 2011 de uma vertente deste instrumento para as PME e mid-caps: o Instrumento de Partilha de Risco (RSI). Gerido pelo Fundo Europeu do Investimento (FEI), o RSI fornecerá, aos intermediários do sistema financeiro, garantias aos empréstimos para projetos de pequena e média dimensão (de 25.000 € até 7,5 M€). Esta linha terá continuidade no Horizonte 2020 - Access to Risk Finance (ARF), completando  o ciclo da inovação financiado pelas restantes áreas do H2020 e pelo  programa para a competitividade das PME, COSME.

A escassez de liquidez no sistema financeiro torna importantes as fontes alternativas de financiamento de projectos de I&DT em áreas como a energia, engenharias e biotecnologia, entre outras. Portugal, não tendo ainda qualquer projeto apoiado pelo RSSF, enquadra-se nos objetivos do mecanismo. O RSI pode ser uma excelente oportunidade para as PME. Conte com o NCP do GPPQ para apoiá-lo. E participe no evento que o GPPQ organiza no próximo dia 21 de Novembro, dedicado a este tema.

Damos-lhe também notícia nesta NL do sucesso de 6 investigadores nacionais nas StG2012  do Ideias. Inspire-se!

 

Eduardo Maldonado

Concursos abertos FP7 - esteja atento às oportunidades das sinergias entre temas

Participe em várias consultas abertas para o H2020.

ERC
– abrem, em breve, os concursos Consolidator Grants e Synergy do ERC. Contacte-nos.

Semana de Moldes 2012
– 1 a 4 de Outubro, Marinha Grande e Oliveira de Azeméis

Inscreva ou atualize o seu CV na base de dados de avaliadores da Comissão Europeia.

Investigadores com propostas de sucesso Starting Grants do ERC, 2012


O ERC anunciou em Setembro a atribuição destas 6 bolsas a investigadores portugueses que trabalham em instituições nacionais. Há mais quatro portugueses que tiveram bolsa ERC mas que irão desenvolver os seus projetos em instituições estrangeiras (Bélgica , Espanha, Finlândia e Holanda).


1
Goreti SalesISEP
(Ciências da Vida)
Projecto 3 Ps
1
Lino FerreiraCNBCUC
(Ciências da Vida)
Projecto Nano Trigger
1
Manuel AlvesFEUP
(Ciências Físicas, Matemáticas e Engenharias)
Projecto ELASTIC-TURBULENCE
1
Maria MotaIMM
(Ciências da Vida)
Projecto ParasiteNutriSensing
1
Mariana Gomes PinhoITQB-UNL
(Ciências da Vida)
Projecto ProteinLocalization
1
Rodrigo RodriguesFCT-UNL (Ciências Físicas, Engenharias e Matemáticas)
Projecto DependableCloud


Site GPPQ | Site da Comissão Europeia - Investigação | Site Cordis

Caso não deseje receber novamente a nossa Newsletter, clique aqui.